(21) 2215-2000

F.A.Q.:

Gerenciamento Proativo de Falhas em Missão Crítica:

O que é um Sistema de Gerenciamento?
É um Sistema capaz de gerir as Informações Pertinentes a Atividade que está sendo gerenciada.

O que significa Gerenciamento Proativo?
Um Sistema de Gerenciamento fornece as informações para o(s) operador(es) tomar(em) as ações necessárias, conforme planejamento já existente. Desta forma o Sistema é Reativo. Diz-se Proativo, quando o Sistema, automaticamente, toma ações pré-programadas, conforme planejamento já programado. Ou seja, ele toma uma ação e fornece as informações aos operadores.

Gerenciamento de Falhas em Equipamentos, o que significa?
Falha para um Sistema desta natureza, é um desvio qualquer ocorrido no equipamento gerenciado, com seus parâmetros de desvio catalogados e previamente programados no Gerenciador.

Como definir Missão Crítica?
Baseando-se em equipamentos e tecnologia, podemos rezumir Missão Crítica, como uma operação 24 x 7 dos Sistema Envolvidos, já considerando a possível falha de energia (caso de blackout) ou mesmo comunicação (que de um link de dados por exemplo). Um Sistema de Missão Crítica deve contar com redundância (ou contingenciamento) de energia (UPS próprio) e comunicações (In-Band e Out-Of-Band integrados), garantindo sua Missão (operação) mesmo na ocorrência de situações adversas ao regime operacional.

O que é um Gerenciador Universal de Equipamentos e Sistemas?
O termo Universal já define o tipo de Gerenciador, podendo este Gerenciar Nativamente qualquer tipo de Equipamento/Tecnologia e Sistemas. Ou seja, praticamente pode interfacear contatos-secos (tipo relés, aberto/fechado), dados em portas seriais (RS-232, RS-485) e ainda gerenciar elementos SNMP.

O Gerenciador Universal pode ser instalado para Gerenciar Equipamentos em Planta onde já exista um HP-Openview?
Sim, o Gerenciador Universal pode ser instalado e programado para operar dentro de uma Plataformas HP-Openview e outros Gerenciadores SNMP Existentes.

O Gerenciador Universal permite acesso remoto aos Equipamentos?
Sim, permite acesso via Terminal In-Band e/ou ainda Out-Of-Band via Telefonia (convencional, Celular, Rádio, outros links). Para o acesso Out-Of-Band, ele possui 5 níveis distintos de proteção contra invasão (tipo hacker).

A Plataforma de Gerenciamento de Falhas Pró-Ativo Universal pode gerar relatórios para o Setor de Manutenção?
Sim, os relatórios são gerados via Crystal Report incorporado. Como o Sistema é baseado em Databases, podemos cruzar quaisquer dados registrados para a geração de Relatórios precisos. Exemplo: listar os boards CO-30N utilizados na manutenção de equipamentos de SP em Agosto/2006 e gerar um gráfico de Pizza colorido já parametrizado pela organização (papel timbrado, numerado, etc.).

Posso Cascatear O Hardware Gerenciador para compartilhar uma única comunicação de dados/telefonia existente?
Sim, o Gerenciamento permite o cascateamento do Gerenciador Universal em até 4 unidades. Pode-se portanto gerenciar uma localidade com 32 equipamentos distintos e 64 contatos-secos, com apenas um canal de comunicação (Ethernet e/ou Telefonia).

Existe alguma limitação para número de equipamentos monitorados, número de localidades distintas ou número de operadores conectados ao Sistema de Gerenciamento Universal?
Não, estas limitações não existem neste Sistema.

Posso Gerenciar toda uma Planta de Infraestrutura com o Gerenciador Universal?
Sim, todos os Alarmes, os Equipamentos e até mesmo os Materiais de Manutenção empregados em reparos.

Como garantir que um Alarme seja realmente "visto" pelos operadores do Gerenciador Universal?
Em sua Plataforma, cada Alarme recebido possui seu grau de severidade descrito e ainda o responsável (ou grupo responsável) para a tomada de ação. Sendo assim, o próprio Sistema envia aos responsáveis o Alarme e um Cronômetro começa a operar. Caso o Tempo estabelecido para o operador agir no Sistema se esgote (ex.: 15min.), o Sistema passa para o grupo superior acima (nível 2 de escalabilidade). Podendo assim, atingir 99 níveis, garantindo que cada alarme recebido seja realmente "escutado".

Como o Hardware Universal age Pró-Ativamente em um Equipamento Gerenciado?
Para Equipamentos mais moderno, eletroca scripts de programação diretamente via porta-serial (routers, core-switches, rádios digitais, geradores, climatizadores, PBX, outros quaisquer). Via relé ele pode acionar um dispositivo qualquer ou mesmo efetuar um Reset em Equipamentos mais antigos.